Egológico Recycle

by ROMMEL RIBEIRO

supported by
/
  • Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

     $12 CAD  or more

     

1.
03:15
2.
03:04
3.
03:42
4.
5.
03:04
6.
04:25
7.
8.
03:20
9.
10.
11.
12.
02:53

about

"Egológico Recycle" includes 12 songs composed and co-produced by Rommel, where he mixes elements of popular Afro-Brazilian music, Reggae, Funk and Jazz, with lyrics in Portuguese, English and French. The album was recorded in Montreal, Sao Paulo and Mexico City in 2011 in collaboration with musicians from Ethiopia, Cameroon, France, USA and Brazil, in a truly world fusion style.


L'album "Egológico Recycle ", est inspiré par l'expérience du jeune musicien vivant dans un nouveau pays, imbibé par son environnement multiculturel avec 12 chansons où Rommel mêle des éléments de afro-brésiliens, reggae, funky et jazz, chantées en portugais, en anglais et en français. L'album a été enregistré à Montréal, Sao Paulo et Mexico en 2011 et a des collaborations avec des musiciens de l'Éthiopie, le Cameroun, France, USA et le Brésil.


"Egológico Recycle" inclui 12 canções compostas e produzidas por Rômmel, aonde ele mistura elementos da Música Popular Afro-Brasileira, Reggae, Funk e Jazz, com letras em português, inglês e francês. O Album foi gravado em Montreal, São Paulo, Cidade do México em 2011 e conta com a colaboração de músicos da Etiópia, Camarões, França, EUA e Brasil.


ALBUM CREDITS

Main Voice: Rômmel Ribeiro.
Drums: Diogo Ramos, Sacha Daoud, Eric Thé, Phillipe Lafreniere and Fabrice Laurent.
Electric guitar: Diogo Ramos and Rodrigo Fonseca.
Acoustic guitar: Rômmel Ribeiro.
Electric bass: Gabriel Queso Bonfman.
Acoustic bass: Mark Decho.
Violin: Ricardo Herz
7 strings guitar: Gian Correa
Accordeons: Francis Covan
Percussions: Angel Araos
Keyboard: David Ryshpan
Voices, Rap and Poetry: Diogo Ramos, Dread West and Fernando Moreno.
Lyrics: Rômmel Ribeiro, Fernando Moreno, M. Possas, Marcus Freitas, Thomas Brito, Yanara Ribeiro, Andre Sztutman, Dread West & Enrico Lima.

Production: Diogo Ramos
Co-Production, Arrangements & Conception: Rômmel Ribeiro
Recording: Diogo Ramos @ La Hacienda Creative Studio & Diogo Studio (Oct2010 to Sep2011, Montreal, Qc, Canadá)
Mixing: Diogo Ramos @ La Hacienda Creative Studio.
Adicional Mixing tracks 3, 5, 8, 10: Bruno Pontalti & Diogo Ramos @ Baticum Studio (Sao Paulo, Brazil)
Master: Jeremy Reid @ La Hacienda Creative Studio.
Graphic Design & Photos: Lídia Barreiros
Pictures & Photos: Enrico Lima

--------------------------------------------------------------------------------------
ELECTRONIC PRESS KIT
rommel-ribeiro.webstarts.com/about.html
--------------------------------------------------------------------------------------

BIO English

Singer, songwriter and guitarist, Rômmel Ribeiro was born into a family of accomplished artists in northern Brazil. Being surrounded by art, the musician was inspired by the work of great names as Gilberto Gil, Chico Buarque and Caetano Veloso still in a young age. In 2006, after releasing "Transcendental", his first album, he landed in Canada, where he crossed paths with the People Project Band. It was the perfect opportunity for exploring music in a multicultural background and for performing in relevant events, such as Montreal and Ottawa's Jazz Festivals, Ottawa Bluesfest and Toronto Global Groove.

While honing his own style, Rômmel emerged with a mix of popular Brazilian music, afrobeat, reggae, funk and jazz in his second album "Egológico Recycle". Created in collaboration with musicians from Ethiopia, Cameroon, France and Brazil, this exotic disc unites compositions in French, Portuguese, Spanish and English. The high quality of his compositions, the ability to engender good partnerships and his inspired performances resulted in several awards in Canada. In 2010 he received the "Great Revelation" award at the Festival Nuits d'Afrique and the very first “Diversity Award”, granted by the Arts Council of Montreal and several other cultural organizations.

Finally, in 2012 he was chosen as Radio Canada/CBC 2012-13 “Revelation on World Music”. This last prize opened up new doors for him in the music scene. Since then, Rommel had the honor of being the opening act for the concert of Gilberto Gil in November 2012. Also he was invited to record part of his third album in the excellent studio of Radio Canada/CBC in 2013.

In 2014, the musician plans to release his new album “Nada Direito” and embark in a tour around Brazil and Europe. He promises breathtaking concerts, a deep musical miscegenation and inspirited compositions. Here's an invitation to great music!

----------------------------------------------
BIO Français

Chanteur-compositeur et guitariste d’origine brésilienne, Rômmel Ribeiro est né dans une famille d’artistes accomplis, au Nord du Brésil. Débarqué au Canada en 2006, après avoir sorti son premier album "Transcendental" il croise la route du People Project Band, avec lequel il explore de nombreuses facettes du métissage culturel. Fort de sa notoriété, le collectif se produit aux Festivals de jazz de Montréal et d’Ottawa, au Bluefest à Ottawa et au Global Groove à Toronto.

Rômmel y peaufine son art et son propre style émerge, un mélange de musique populaire brésilienne, d’afrobeat, de funk et de jazz, sur des paroles en français, portugais, espagnol et anglais. En 2010, il est reçu au Festival Nuits d’Afrique à titre de «grande révélation», et il remporte la même année le premier Prix de la diversité, remis par le Conseil des Arts de Montréal et plusieurs autres organismes culturels.

En 2012, il sort l’album “Egológico Recycle”, une collaboration avec des musiciens éthiopiens, camerounais, français, américains et brésiliens et il remporte la même année le titre de Révélation Radio-Canada 2012-13 en musique du monde.

----------------------------------------------
BIO Português

Cantor, compositor e guitarrista, Rômmel Ribeiro nasceu em uma família de artistas na cidade de São Luís do Maranhão, no Nordeste do Brasil. Por isso, desde criança Rômmel teve contato com o vasto cancioneiro brasileiro e a oportunidade de se conectar com o gênio criativo de artistas como Gilberto Gil, Chico Buarque e Caetano Veloso. Contudo, sua raiz intrinsicamente brasileira teve a coloração sonora ampliada quando ele se mudou para o Canadá em 2006 e passou a praticar uma intensa atividade musical entre diversas cidades, notoriamente Montreal, Ottawa e Toronto.

Desde sua chegada ao novo país, Rômmel passou a ser integrante ativo na banda People Project e pôde assim explorar a mescla de estilos com músicos de diferentes nacionalidades. Com esse grupo realizou concertos nos Festivais de Jazz de Montreal e de Ottawa, no Blues Ottawa e no Toronto Global Groove. Durante seu percurso artístico, Rômmel avançou também no trabalho de composições. Em 2006 ele havia lançado ainda no Brasil o disco Transcendental, e em 2012, em Montreal, o álbum Egológico Recycle numa colaboração criativa com músicos da Etiópia, Camarões, França e Brasil. Já para o segundo semestre de 2014 espera-se o lançamento de seu terceiro disco: Nada Direito.

A alta qualidade de suas composições, a capacidade de fazer boas parcerias e sua excelência no palco renderam ao músico diversos prêmios no Canadá. No ano de 2010, ele recebeu o prêmio de "Grande Revelação" no Festival Nuits d'Afrique, e o “Prix de la Diversité” [Prêmio da Diversidade], ofertado pelo Conselho de Artes de Montreal e outras organizações culturais. E em 2012, o artista foi agraciado com o importante prêmio “Revelação Radio Canada 2012-13” na categoria World Music.

Esse último trunfo abriu-lhe mais portas no cenário musical e o artista viu novo avanço em sua carreira. Desde então Rômmel teve a honra de abrir um espetáculo de Gilberto Gil em novembro de 2012 em Montreal; de gravar seu novo álbum Nada Direito no excelente estúdio da Radio Canada; e participar na produção de um DVD poético-musical contendo diversas composições inéditas. Em 2014, além do lançamento do disco Nada Direito, o músico pretende realizar também uma turnê para divulgar sua música por terras brasileiras e europeias.

Estamos diante de um trabalho musical consistente e multifacetado que navega por ritmos e estilos como a MPB, o Reggae, o Afrobeat e o Jazz, com letras em francês, português, espanhol e inglês. Com o novo trabalho vem a promessa de shows de tirar o fôlego, muita mestiçagem artística e inspiradas composições. Eis um convite à grande música!

----------------------------------------------

*****REVELATION RADIO-CANADA 2012-2013 EN MUSIQUE DU MONDE*****

Video at:
blogues.radio-canada.ca/revelations2012/rommel-ribeiro/

****** MUSIKOTTAWA 2014 www.musikottawa.com

credits

released 16 April 2012

----------------------------------------------


CONTACT

rommelribeiro.com
rommelribeiro.music@gmail.com


BOOKING

CASA7 - Music Production
casa7.info@gmail.com
Fernando Moreno
1 (438) 931-3607
----------------------------------------------


NEXT CONCERTS

April 04, 2014: Rommelera Quartet & special guests @ Cabaret la Basoche, Vieux-Aymer (Gatineau, QC).

May 25, 2014: Rommelera Quartet @ Brasseurs Du Temps (Gatineau, QC) - www.brasseursdutemps.com

May 31, 2014: Rommelera et Genevieve Lapointe @ TupiCollective au Bleuyy Bar a Vinyle (Montreal, QC)

September 15, 2014: Rommelera @ National Arts Center 4th Stage- MUSIKOTTAWA 2014 (Ottawa, ON) tickets nac-cna.ca/en/community/event/9409)

___________________________________________

tags

license

all rights reserved

feeds

feeds for this album, this artist

about

Rommel Ribeiro Montreal, Québec

Chanteur-compositeur et guitariste brésilien, vainqueur du Grand Prix de la Diversité de Montréal 2010-11 et REVELATION RADIO CANADA 2012-13, Rommel mêle des éléments de musique populaire brésilienne avec Afro, Reggae, Funk et Jazz, avec des paroles en portugais, français, espagnol et anglais. Il vit et respire l'art, la musique et la culture à travers ses chansons, paroles et des instruments. ... more

contact / help

Contact Rommel Ribeiro

Download help

Track Name: Nhiazinha
1. Nhiazinha | 03:16
(Rômmel Ribeiro; SOCAN)

Oh Nhiazinha,
Vê se manda um 1kg de farinha Biriba pra moi
Oh Nhiá, Nhiazinha, s’il vous plaît Nhiá
Vê se manda um 1kg de farinha Biriba pra moi
Oh Nhiá, Nhiazinha, s’il vous plaît Nhiá
vê se manda um 1kg de farinha Biriba pra moi
Oh Nhiá, Nhiazinha, , s’il vous plaît Sinhá
Umas tapiocas e um tiquinho de cuscuz
Vê se manda também umas garrafinhas de Guaraná Jesus
Que esse tal de shawarma e McDo, não dá
Que essa tal de poutine e McDo, não dá
Que essa tal de Coca e McDo, não dá não

Oh Nhiazinha,
Vê se manda um 1kg de farinha Biriba pra moi
Oh Nhiá, Nhiazinha, s’il vous plaît Nhiá
Vê se manda um 1kg de farinha bem torradinha pra nós “manjar”, Sinhá
Nhiazinha, s’il vous plaît Sinhá
Umas tapiocas e um tiquinho de cuscuz
Vê se manda também umas garrafinhas de Guaraná Jesus
Que esse tal de shawarma e McDo não dá
Que essa tal de poutine Coca e McDo não dá
Que esse tal de Coca e McDo não dá

McDo não
McDo não dá
McDo não
McDo não dá
Track Name: Quebra Mar
2. Quebra-Mar | 03:08
(Rômmel Ribeiro; SOCAN)

Mareou, maré alta
Mareou, mar é trato
Mar retrato, o mar faz falta
Mareou, maré alta
Mareou, mar é trato
Mar retrato, o mar faz falta

Mareado, emaranhado, mar é chão
Sal dá de verdade
Eh Maranhão, oh Maranhão!

Mistério, amuleto, um jeito
Nunca tão tarde
Nem sempre tão cedo
Quem tem teu segredo
Entende o teu “ão”

Oh Maranhão, Eh Maranhão
Oh Maranhão, Eh Maranhão

E eu só quero é quebrar mar
E eu só quebro à beira-mar, beira-mar
E eu só quero é quebrar mar
E eu só quebro à beira-mar, beira-mar
À beira-mar, beira-mar
À beira-mar

Calma que é Gipuba
Alma, banho de chuva
Bica de telhado
Já fui batizado
Vou com o mar em mim
Céu já bem aí
Mas pra ir tão longe
É só voltar pro Buriti

E eu só quero é quebrar mar
E eu só quebro à beira-mar, beira-mar
Mas eu só quero é quebrar mar
E eu só quebro à beira-mar, beira-mar
À beira-mar, beira-mar
Beira-mar, beira-mar
À beira-mar
Track Name: Wakefield
3. Wakefield | 03:43
(Rômmel Ribeiro; SOCAN)
*Rap by: Dread

The poem is calling for us
And it won’t be in vain
We’re going to Wakefield…
And now my music will be my train

My train will go so far away
And we just want look at the rising sun
We just want to live each day!

Listen well please! Each day!
Listen well please! Each day!
Listen well...

Don’t answer if you don’t want
And don’t ask if you won’t go
So join us, let’s go by train
You need to feel
No need to know

We keep singing
With the swing of the train
It still goes on
One day we come back home

It doesn’t matter, we don’t care
Our home will be anywhere
It doesn’t matter, we don’t care
Our home will be anywhere we go…

To the darkness always comes the light 
With the beautiful music that passes by
It’s something I will never let go for sure 
I'm enjoying the vibe all the time with my bros 
As one sings, the other with the sound of the guitar strings 
Let’s take a trip into a world so amazing 
It’s all natural with the music we are all equal
‘Cause to me silence is a no-no
So open your ears, wipe them tears 
Have no fear the sufferance is right here 
So flow with the flow and never let it go 
Fill up the holes in our soul so we could explode 
Into melodies making us feel free 
Loving the peace could last eternally 
‘Cause love is so strong let it keep going on 
Let it be a never ending song from all that’s wrong 
‘Cause I love it, ‘cause I love this, 
The fact that it exists ‘cause this I can’t miss
Before the mean part let me be dismissed

Don’t answer if you don’t want
And don’t ask if you won’t go
So join us, let’s go by train
You need to feel
No need to know

It doesn’t matter, we don’t care
Our home will be anywhere
It doesn’t matter, we don’t care
Our home will be anywhere we go…
Track Name: Je Suis Cassé (Chuí Cacê)
4. Je Suis Cassé (Chuí Cacê) | 03:28
(Rômmel Ribeiro, Enrico Lima, M. Possas, Marcus Freitas & Thomas Brito; SOCAN)

Je suis cassé monsieur
Je vais me casser
Je suis cassé monsieur
Je vais me cacher
Je veux mon cachet

Moi, je n’ai pas un sous
Pour payer mon loyer
Il’en rest des factures
J’ai pas encore mangé

Je aimerais rester debût
Voir le solei s’élever
Et composer mes sambas
Pour l’argent arriver

Je suis cassé monsieur
Je vais me casser
Je suis cassé monsieur
Je vais me cacher
Je veux mon cachet

Pour dire la verité
Ce samba a été créé
Parce que mon’argent
N’est jamais arrivé

Allors mes chers amis
Apprenez cette chanson
Pour que votre ami ici
Puisse faire son premier million

Je suis cassé monsieur
Je vais me casser
Je suis cassé monsieur
Je vais me cacher
Je veux mon cachet

Por isso caro ouvinte
Vê se aprende esse refrão
Pra ver se eu descolo o meu primeiro milhão

Que aperriou meu nêgo!
Aperriou! Coisa tá feia nêgo!
Dinheiro acabou!

Aperriou meu nêgo!
Que arrepiou! Já estou devendo uns nêgos!
Dinheiro acabou!
Track Name: Brasa
5. Brasa | 3:06
(Rômmel Ribeiro; SOCAN)

Peguei o expresso 2222
Nos dreads dos dreads de Gil
Cabelos brancos de Caetano
Eu vou queimando a brasa
Eu vou mandando brasa
Que eu sou feito de brasa
E mesmo longe de casa eu sou Brasil

With an “s”, please! Viu?!

Ei malandro
Tem que olhar pra trás
Se quiser saber como é que faz

Mas ei malandro
Vê se também faz
Que o futuro vem
E vão olhar pra trás
Track Name: Trafegar
6. Trafegar | 4:28
(Rômmel Ribeiro / Enrico Lima; SOCAN)

Me dê paixão eterna
Acende a vela
Te dou palavra aberta
A veia certa
Jurou paixão eterna
Paisagem na janela
Me deu palavra aberta
E veio a reta
E veio a reta e veio
E veio a reta a veia
E veio a reta e veio
A veia certa

Na batida da corrida
Ria e bata, bateria
Na corrida da batida
Bateria, bata e ria

Na batida da corrida
Ria, bata, bateria…
Na corrida da batida
Bateria, bata e ria

Corre ponteiro
Como metas
Dirijo digerido carro
E páro num sinal

Comprei minha passagem
Mochila e violão
Lá no ponto final

Trafegar é preciso
Correr não
Pras placas de aviso
Deixo só o coração

Nêgo nego não, nêgo
Nêgo nego não, na contra mão
Nêgo nego não. Nego!
Nêgo nego não, mas e o pão?
Track Name: Juros do Que Juro
7. Juros Do Que Juro | 3:28
(Rômmel Ribeiro; SOCAN)

Ele se foi
Deixando rastros pelo céu
Borrado à gotas claras
Amanhã
Sei que já vai voltar
Quem vai estar por aqui?

Me finjo de poeta pobre
Eita pó jogado pra debaixo dos tapetes
Na verde idade dos maduros
Impuros
Juros do que juro

Ele voltou
Parindo cores pelo céu
Rindo na minha cara
Fim de tarde
Sei que vai voltar
Quem vai ficar por aí?

Mas sei que ele é poeta nobre
E deixa o pó dos seus sapatos nos tapetes
Da feliz cidade imatura
Pura
Nas rugas dessa jura
Track Name: Egológico
8. Egológico | 03:20
(Rômmel Ribeiro / Enrico Lima; SOCAN)

Como Lasar Segall
Desenrolado lado
Abstrato peito, leito
Discreto segredo
Força o pânico obsoleto
Ileso resisto
Coloco as chaves
Imagino Ovídio
Controlo as lágrimas
Confuso persisto
Difuso regrido
Notório avanço
Ao Logos alcanço
Precário começo
Singelo desprezo
Procura ou “Termínio”
Loucura ou Delírio
Consumo ou Reticências…
Track Name: Não Marque Bobeira
9. Não Marque Bobeira | 5:21
(Rômmel Ribeiro; SOCAN)

Corre com teu medo
Cedo pela mão
Escorre teu segredo
De desejo vão

E abrirá cada rua, porta e janela para desfilar
E abrirá cada avenida, labirinto, passarela para desfilar

Voe com teu sonho
Avesso, contra mão
O mundo inteiro que passa
E um menino no portão

E abrirá cada rua, porta e janela para desfilar
E abrirá cada avenida, labirinto, passarela para desfilar

Tuas angústias, pesadelos
E certezas que já sabes que não vão durar
Tuas verdades e mentira
Hipocrisia sempre existirá

Deixe desfilar…
Venha desfilar…

Não, não marque bobeira!
Não, não marque bobeira!
Não, não marque bobeira!
Track Name: Órbita Equilíbrio
10. Órbita Equilíbrio | 3:27
(Rômmel Ribeiro / Fernando Moreno; SOCAN)

Órbita equilíbrio
Órbita

A pequena ideia fixa desliza, renasce

Olhos desinteressados correm por letras sérias
Manchete de jornal, retrato de presidente
Confiante, engravatado, encoleirado, sorridente, presidente

Órbita equilíbrio
Órbita

A pequena ideia fixa desliza, renasce

Olhos desinteressados correm por letras sérias
Manchete de jornal, retrato de presidente
Confiante, engravatado, encoleirado, sorridente, presidente

Ideia fixa
Desliza, renasce
Desliza e renasce
das ranhuras, dos contatos


O jornal caiu no chão aberto
Livre
“Os presidentes estão mortos”


Órbita equilíbrio
Órbita
quilíbrio
Track Name: O Bêbado Afoga O Poeta
11. O Bêbado Afoga O Poeta | 3:16
(Rômmel Ribeiro/ Yanara Ribeiro/ Enrico Lima / Andre Sztutman; SOCAN)

Pergunte-me quando e onde
Que eu não te respondo
Mas te dou um Segundo
Seu instante
Um flagrante de pó
E o mundo inteiro
E quem sabe se era só?
Um beijo, um desespero que faltava
Na boca ou no copo
Complete o dinheiro
Te dou uma foto
O que viram teus olhos traduza em um som

Ou então negue da próxima vez
Ou acredito em vocês
Pergunte pra mim
O que foi enfim?
O que passou ou restou?
Ou então negue da próxima vez
Ou acredito em vocês
Pergunte pra mim
O que foi enfim?
O que passou ou restou?

Depois que por vir…
Tudo se for

Se vire pro lado
Procure um afago
Apague o cigarro
Inove na rima substituindo o verbo
Sem saber ao certo
O sentido da linha, o amargo da língua
Uma bala por perto
Um gole de vinho tinto prosecco
E o Bêbado afoga o Poeta
Track Name: Recycle
12. Recycle | 2:50
(Rômmel Ribeiro / Fernando Moreno / Diogo Ramos; SOCAN)

Vai esperar, meu irmão?
Esperar o quê?

Replantar e recriar
Antes que
a sombra e o vento puro acabem


Grito mais alto!

A cegueira no bolso
num paliteiro de prédios amontoados

E tu ajoelhado
esperando o sol
que não toca o solo
que passa só no alto
no pico do morro...


Quem vai segurar?
Quem sobe comigo?
Agora, vamos!
À mata!



Recycle life,
Recycle life
(but)
live before recycling
I'll ask you brow
live before recycling!